Mollema vence isolado etapa em que a Froome teve amarela em risco

Chris Froome Não vou oferecer um único segundo

Outra nota de destaque da etapa, ganha por Bauke Mollema, foi o atraso de Nairo Quintana que não conseguiu acompanhar os homens da frente e que deixou os dez primeiros da classificação geral. Neste domingo, o ciclista superou os adversários e completou a distância de 189,5 km, entre Laissac-Sévérac l'Église e Le Puy-en-Velay, em 4h41m47s. Chris Froome, da equipe Sky, segue com a camisa amarela.

Segunda-feira é dia de descanso na entrada para a última semana de prova, que deverá definir-se em duas etapas de montanha, quarta e quinta-feira, e no contra-relógio de sábado em Marselha, antes da etapa de consagração, que como tradicionalmente terá o seu final nos Campos Elísios, em Paris. O experiente britânico possui 18 segundos de vantagem sobre o vice-líder Fabio Aru, da Astana, e 23 sobre o francês Romain Bardet, da AG2R.

Notícias relacionadas: