Mano vê Cruzeiro pressionado e admite necessidade de vencer o Coritiba

Léo pode assumir a posição de Dodô no Coritiba

A estreia do atacante Sassá pelo Cruzeiro se deu na derrota por 1 a 0 para a Ponte Preta, em Campinas.

Mano Menezes escalou Fábio; Ezequiel, Léo, Caicedo e Diogo Barbosa; Lucas Romero, Ariel Cabral, Robinho, Thiago Neves e Alisson; Rafael Sobis no time titular. "Há uma pressão interna, a gente se incomoda quando o resultado não vem". A boa atuação é o caminho para a vitória, mas ela em si não resolve. "Ela precisa dos três pontos para dar tranquilidade e aumentar a confiança da equipe, que precisa dar um salto que a gente sabe que ela pode dar" declarou.

A princípio Mano Menezes voltará a utilizar os jogadores titulares após poupar nove atletas no jogo contra a Ponte Preta no meio de semana.

"O próximo jogo é contra o Coritiba na nossa casa, e nós precisamos voltar a vencer em casa". Até fizemos um jogo bem jogado contra o Grêmio, mas empatamos. Com Alan Santos cortado por lesão sentida no último jogo e Kleber que, mesmo suspenso até ser julgado, viajou com a equipe para Minas, o Coritiba deve ter poucas alterações em relação ao último jogo.

"Temos muito carinho por ele e admiração, é um jogador que é ídolo da torcida, mas hoje já temos cinco jogadores para a mesma posição, envolve muita coisa". Não temos uma vírgula para reclamar deles, estamos todos imbuídos nesse objetivo. O treinador comandou um trabalho tático e depois muita bola parada. A gente conhece futebol o bastante para saber que se as atuações estão sendo boas, o resultado de vitórias é questão de tempo. "É corrigir as coisas que precisamos melhorar que estaremos próximos de vencer", projetou.

Notícias relacionadas: