Padrasto mata criança de dois anos a socos

Acusado foi preso em flagrante

Policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) prenderam em flagrante, na noite deste sábado (17), o padastro de Katielen Camila de Oliveira Santana, de apenas 2 anos de idade, pelo crime de homicídio.

Um padrastro foi preso suspeito de matar a enteada de apenas 2 anos por ter se irritado com choro da criança. Na 56ª DP (Comendador Soares), a mãe da vítima relatou não ter ocorrido nada de estranho na residência, o mesmo ocorrendo em depoimentos de vizinhos. Os policiais suspeitaram, então, do desaparecimento do padrasto, que passou a ser procurado e, já na delegacia, confessou o assassinato. Como não havia marcas visíveis na criança, o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), onde foram diagnosticadas inúmeras lesões internas na criança, inclusive com fraturas de costelas e hemorragia interna. Carlos foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio qualificado (crime hediondo), cuja pena pode alcançar em até 30 anos de reclusão.

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Notícias relacionadas: