Atlético-MG vence e acaba com 100% do São Paulo no Morumbi

Pratto garantiu que não deixará o São Paulo

'Dispensado' no Chelsea, Diego Costa afirma que pode jogar em equipe brasileira- A jornal espanhol, Leco diz que contratação de Petros pode ser definida em breve- O líder obsoleto: Diego Lugano ainda é útil para o São Paulo? Por inspiração no primeiro Tricolor sul-americano ou por suas convicções, Rogério Ceni armou o time para jogar na frente. O zagueiro falhou no gol da vitória do Atlético-MG, no Morumbi, foi xingado pela torcida e deixou o campo em fúria. Os gols do time mineiro foram marcados por Cazares e Rafael Moura, enquanto Marcinho descontou para a equipe da casa. Já o São Paulo fica com 10 pontos e cai para a 13ª colocação, podendo ainda perder posições para Cruzeiro e o próprio time pernambucano. Aos seis minutos, Cueva levantou e Pratto cabeceou com perigo. Na primeira, escapou pela esquerda e, sem muito ângulo, chutou para fora. No minuto seguinte, o mesmo Pratto aproveitou cruzamento do meia Marcinho da direita, mas mandou mal pela linha de fundo.

Nos acréscimos, os mineiros responderam. O Galo teve uma outra boa chance com Robinho, também de fora da área. Dessa forma, o treinador escalou a equipe com Renan Ribeiro; Éder Militão, Maicon e Lucão; Marcinho, Jucilei, Cícero e Junior Tavares; Wellington Nem, Lucas Pratto e Cueva.

Ao contrário da primeira etapa, o segundo tempo começou com tudo para o São Paulo. Foi a sexta assistência do lateral na temporada.

No Morumbi, o futebol mostrado pelo Atlético-MG foi longe de ser encantador. Aos 43 minutos, Cazares passou para Elias, que acabou travado por Lucão na hora da conclusão. Em mais uma atuação irregular, perderam por 2 a 1 para o Atlético-MG, no Morumbi.

E quando buscava a virada, o São Paulo sofreu o tento dos mineiros aos 35 minutos: Rafael Moura fez 2 a 1. Na próxima rodada, o Tricolor enfrenta o Atlético-PR na Arena da Baixada, em Curitiba, na quarta-feira, dia 21. O time paranaense vinha embalado por um triunfo sobre o Atlético-MG, também por 1 a 0, em Belo Horizonte, e com o resultado obtido na capital goiana subiu para o 15.º lugar, com oito pontos. Técnico: Eduardo Baptista. GOL - Sidcley, aos três minutos do primeiro tempo.

Notícias relacionadas: