Correios vão encerrar serviço de e-Sedex na segunda-feira

Correios decidiram encerrar oficialmente a modalidade e Sedex

Desta forma, os Correios não mais realizarão serviços dedicados ao comércio eletrônico brasileiro a partir desta data.

Correios terminam com e-sedexConforme o memorando, foram tomadas todas as providências judiciais cabíveis em relação à ação movida pela Associação Brasileira de Franquias Postais (Abrapost), que havia solicitado à Justiça Federal a revogação do fim do e-Sedex, que foi anunciado ainda em novembro do ano passado. Dessa forma, as postagens e encomendas passam a ser feitas por Sedex ou PAC.

Muitas grandes empresas do comércio eletrônico nacional já se preparavam para a mudança e firmaram parcerias com transportadoras e outros serviços, o restante das marcas terão que optar rapidamente pelos outros serviço dos Correios ( SEDEX ou PAC). Em ambos os casos, entretanto, é o consumidor quem perde, passando a ter de esperar mais para receber suas compras, ou, então, pagando mais caro pelo serviço expresso. Confira abaixo o texto enviado pelos Correios para que seus funcionários comuniquem a decisão aos clientes, leia neste link o comunicado completo do órgão às agências e não esqueça de deixar a sua opinião sobre o fim do e-Sedex na seção de comentários do TecMundo.

Segundo os Correios, "motivo para o fim do e-SEDEX é a implantação da Política Comercial da empresa, que reorganizou o portfólio de serviços, de modo a garantir a capacidade da estatal na prestação adequada de todos os serviços que atendem ao e-commerce, como SEDEX, PAC, Logística Reversa e CorreiosLog, de forma integrada e não mais sustentada em apenas um produto dedicado".

"Para mais informações, entre em contato com seu representante comercial". Caso não seja do seu interesse a postagem com SEDEX, será necessário gerar nova PLP ou autorização de postagem com código de serviço PAC.

Notícias relacionadas: