Presidente da Opel se demite antes de venda ao PSA

Presidente da Opel se demite antes de venda ao PSA

Após surgirem nos últimos dias informações de que o CEO da Opel se preparava para abandonar a empresa quando a integração do fabricante germânico no Grupo PSA estivesse concluída, esta possibilidade foi agora confirmada com o anúncio da saída de Karl-Thomas Neumann da marca do Astra e do Corsa. Ele continuará a ser membro do conselho de supervisão até a concretização da venda à PSA, prevista para este ano.

Neumann, de 56 anos, foi anteriormente o principal responsável pelas operações da Volkswagen na China, bem como líder da divisão de veículos elétricos do construtor de Wolfsbugo. "Não tenho dúvidas de que Opel/Vauxhall sairá mais forte", declarou em um comunicado.

Com a compra, que precisa ser autorizada pelas autoridades competentes, significa que passarão a fazer parte do grupo francês dez fábricas na Europa, o centro de engenharia de Russelsheim (oeste da Alemanha) e 38.000 funcionários da Opel/Vauxhall.

Carlos Tavares, presidente da PSA, reagiu à escolha do novo presidente da Opel, manifestando o seu apoio.

Notícias relacionadas: