HUGV integra mutirão para reduzir fila por atendimento médico e exames

Arthur Menescal  Esp. CB  D.A Press

Apenas no Hospital Universitário Onofre Lopes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, serão realizadas 100 cirurgias oftalmológicas, 1.200 avaliações em tireoide e 200 atendimentos oftalmológicos, além de ações antitabagismo e acolhimento das mães de crianças com microcefalia. Os pacientes que farão procedimento cirúrgico já foram selecionados. Para pessoas interessadas em fazer parte de algum programa, receberá informação de como devem proceder nas ações educativas. "Com o mutirão, vamos dar celeridade à fila e alívio aos pacientes e seus familiares", explica o chefe da Cirurgia Pediátrica, Luiz Alberto Araújo, abordando os principais objetivos do 2º Mutirão Nacional.

Em São Carlos, serão oferecidas 28 consultas nas especialidades de Neurologia e Nefrologia, no Ambulatório de Especialidades do HU, e 196 exames entre tomografia, raio-x, ultrassonografia e eletrocardiograma, realizados na Unidade de Imagem do Hospital. Doação de órgãos, higienização das mãos, incentivo a amamentação materna, saúde ginecológica, gerenciamento de resíduos, combate ao tabagismo, saúde bucal são alguns dos assuntos abordados. O remédio de alto custo é distribuído pelo SUS e serve para tratar pacientes que tiveram perda de visão por doenças provocadas pelo crescimento anormal de vasos sanguíneos na retina.

O 2º Mutirão Nacional da Rede de hospitais da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) disponibilizará mais de 8 mil procedimentos, o que equivale ao dobro de atendimentos realizados na primeira edição, em novembro do ano passado.

Antonio Cunha  CB  D.A. Press
O aposentado Antônio aguardará até junho uma consulta com o otorrino

De acordo com a Ebserh, as unidades de saúde, espalhadas em todas as cinco regiões do país, vão oferecer 668 cirurgias em 16 especialidades, 4,8 mil exames em 31 especialidades, 3,4 mil consultas referentes a 30 especialidades, além de 167 atividades educativas.

A equipe do HU que vai participar do Mutirão conta com 14 médicos, 18 assistentes (enfermeiros e auxiliares de enfermagem), 6 funcionários administrativos, 12 preceptores e 34 alunos de graduação e pós-graduação (24 do curso de medicina e 10 do curso de nutrição).

Notícias relacionadas: