Menina mordida por leão-marinho está infectada com bactéria agressiva

Menina mordida por leão-marinho está infectada por bactéria rara

No vídeo, após ser resgatada, é possível ver menina caminhando sem problemas.

O ferimento provocado pela mordida na perna da menina infeccionou.

A menina agora passa por tratamento em um centro médico mas ainda não se sabe de que forma vai reagir ao tratamento que pode levar vários dias.

Conhecida como "dedo de foca", a infecção é causada pela presença de uma bactéria cujo nome científico é mycoplasma phocacerebrale.

Logo que ela afunda na água, um homem que estava no local pula e a resgata.

A menina que foi atacada por um leão-marinho está com uma infecção incomum e perigosa.

Os médicos informam que a bactéria não é comum em mamíferos terrestres e por conta disso pode ser potencialmente fatal, a doença precisa ser tratada com antibióticos fortes e específicos caso contrário pode haver gangrena na região afetada com possibilidades de amputação e até de morte do paciente. A garota foi puxada pelo animal após sentar em um píer na cidade de Richmond, no Canadá. A história ganhou notoriedade graças a um vídeo que registrou o momento em que o animal morde o vestido da garota. "Depois de ser puxada de volta para o cais, a família rapidamente se afastou da área sem dizer muito".

Inicialmente, noticiou-se que a menina não ficara ferida no incidente.

Notícias relacionadas: